Notícia

Home » Torben no Hall da Fama do COB

Torben no Hall da Fama do COB

A vela foi muito bem representada no lançamento do Hall da Fama do Comitê Olímpico do Brasil, na noite da última terça-feira, dia 18, no Rio de Janeiro. Em cerimônia que antecedeu o Prêmio Brasil Olímpico 2018, no Teatro Bradesco, Torben Grael foi um dos quatro atletas que tiveram a honra de serem os primeiros a deixar suas marcas eternizadas na galeria de heróis do esporte do país.

“Para mim é um orgulho muito grande e um reconhecimento pelo trabalho que fiz. Ainda estou ligado ao esporte, como coordenador técnico da vela e como vice-presidente da Federação Internacional. Então continuo me dedicando à vela, de uma maneira um pouquinho diferente de antes”, afirmou Torben, que também faz parte dos Halls da Fama da Confederação Brasileira de Vela e da World Sailing.

Em seis participações olímpicas, Torben foi ouro em Atlanta-1996 e Atenas-2004, as duas na classe Star, prata em Los Angeles-1984, na Soling; e bronze em Seul-1988 e Sydney-2000, novamente na Star. Ao lado de Robert Scheidt, é o único atleta brasileiro com cinco pódios olímpicos na História.

Além de Torben, foram homenageados a dupla Sandra Pires e Jackie Silva (vôlei de praia), primeiras mulheres brasileiras a ganharem ouro nos Jogos; e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo), único brasileiro a receber a medalha Pierre de Coubertin, maior honraria do Comitê Olímpico Internacional.

Durante a cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico, Torben Grael ainda entregou para a filha Martine e para Kahena Kunze o troféu de melhores atletas do ano de 2018 na vela. As duas se destacaram na temporada com o quarto lugar no Mundial de Classes Olímpicas, na Dinamarca; e com a medalha de ouro no evento-teste para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Comentários

comentarios

Leitor de Página Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support