Notícia

Home » Martine Grael e Kahena Kunze fecham período de treinos na Nova Zelândia

Martine Grael e Kahena Kunze fecham período de treinos na Nova Zelândia

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze aproveitaram a pausa na Volvo Ocean Race para retomar as atividades na classe 49er FX. Neste começo de março, a dupla treinou em Auckland, na Nova Zelândia, num período de trabalho que foi encerrado nesta quinta-feira, dia 8. Foi a primeira janela de treinamento das duas juntas desde o começo da participação pioneira de Martine na Regata de Volta ao Mundo.

“Os treinos foram muito produtivos. Foi bom para voltar a pegar o feeling do barco, o posicionamento. A intenção nessa minha vinda para a Nova Zelândia foi não perder o contato com o barco. A gente não queria ficar muito tempo sem velejar e perder o entrosamento”, afirmou Kahena Kunze.

O reencontro, ainda no fim de fevereiro, teve direito a comemoração, literalmente. Afinal, Kahena recebeu Martine em Auckland justamente na chegada da parada da Volvo que foi vencida pelo time AkzoNobel, do qual a velejadora brasileira faz parte. A festa pela vitória foi breve. A dupla começou os treinos de 49er FX logo na sequência do fim da regata.

A principal competição do ano para a dupla será o Mundial de classes olímpicas da World Sailing (Federação Internacional de Vela), marcado para o período de 30 de julho a 12 de agosto, em Aarhus, na Dinamarca. Martine e Kahena defendem o título da competição, que elas conquistaram em 2014, em Santander, na Espanha. Além disso, o campeonato é classificatório para o país nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

“A gente treinou muito as manobras, focando já no Mundial de Aarhus. Foi bem importante. Acho que a Martine está com a energia renovada, e eu também. Deu aquele gostinho de missão cumprida”, disse Kahena.

Em Auckland, as campeãs olímpicas treinaram sob a supervisão do técnico espanhol Diego Fructuoso.

A CBVela é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). Tem o Bradesco como patrocinador oficial, o Grupo Energisa como parceiro oficial e patrocinador oficial da Vela Jovem, e a Kailash como fornecedora de material esportivo. A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: sete. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 18 medalhas em Jogos Olímpicos.

Foto: Jesùs Renedo | Magic Marine

Comentários

comentarios

Leitor de Página Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support