Notícia

Home » Com Pan no horizonte, Fórmula Kite tem primeiro dia de regatas na Copa Brasil

Com Pan no horizonte, Fórmula Kite tem primeiro dia de regatas na Copa Brasil

O céu de Florianópolis esteve mais colorido nesta quinta-feira (22). As primeiras regatas do kitesurfe marcaram o dia de competição na Copa Brasil de Vela 2018, na sede Oceânica Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina. E os riders entraram na água com um objetivo a mais: a disputa é válida também como Campeonato Sul-Americano e este ano vai definir o representante do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, na estreia da classe no evento continental.

O cenário da Fórmula Kite é de evolução. Além do Pan, a classe foi incluída pela World Sailing (Federação Internacional de Vela) no programa dos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

“O kitesurfe está tendo uma visibilidade grande nos últimos anos. E o Pan é um evento muito grandioso, só fica atrás dos Jogos Olímpicos. É um sonho ter o kite nesse patamar”, afirmou Bruno Lobo, campeão do Circuito Brasileiro da classe este ano.

Com ventos de 8 a 12 nós, menos intensos em relação aos dias anteriores, o americano Nico Landauer saiu na frente com quatro pontos perdidos (1+2+1). Bruno Lobo aparece em segundo lugar, com 6 p.p. (2+1+3), logo à frente do mexicano Xantos Villegas (12 p.p.). Ao todo, 25 riders participam da competição.

“Para nós, ter o Kite no Pan-Americano e nos Jogos Olímpicos é muito gratificante e coloca nosso esporte em outro nível. Agora é preciso seguir treinando bastante para chegar ao mais alto nível possível e sonhar com uma medalha nas Olimpíadas”, disse Maria do Socorro Reis, a Socorrinho, representante feminina do Brasil na competição.

Na Fórmula Kite, a disputa é em formato de regata, com os velejadores competindo numa prancha com foil, que praticamente voa sobre a água.

“O esporte está evoluindo muito a cada ano que passa, O desenvolvimento dos equipamentos é muito grande, e dos atletas também. Isso faz com que o velejo tenha mais adrenalina e seja cada vez melhor”, afirmou Bruno Lobo.

FAVORITOS NO TOPO NA FINN E 470

Enquanto a Fórmula Kite desponta como novidade no cenário da vela, em classes tradicionais os favoritos se mantêm firme no topo. Na 470, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan lideram a classificação geral com 11 pontos perdidos. Na Finn, Jorge Zarif também está consolidado na liderança, com 7 pontos perdidos.

Resultados completos: http://copabrasildevela.cbvela.org.br/

A Copa Brasil é organizada pela Confederação Brasileira de Vela, com patrocínio oficial do Bradesco desde a primeira edição, e conta ainda com a parceria da Federação de Iatismo de Santa Catarina e do Iate Clube de Santa Catarina.

O campeonato tem regatas nas seguintes classes: RS:X (Masc e Fem.), Laser Standard, Laser Radial (Fem.), Finn, 470 (Masc e Fem.), 49er, Nacra 17 Foil (Misto), Snipe (Misto), Lightning (Misto), Formula Kitesurf (Open). A disputa vai até o dia 24 de novembro.

Assim como nos últimos anos, paralelamente à Copa Brasil de Vela acontece a Copa Brasil de Vela Jovem, que estará aberta às seguintes classes: RS:X (Masc. e Fem.), Laser Radial (Masc. e Fem.), 420 (Masc. e Fem.), 29er (Masc. e Fem.) e Nacra 15 (Misto). O objetivo é oferecer aos velejadores que estão em fase de iniciação e aperfeiçoamento no esporte a oportunidade de ter um contato próximo com os atletas que estão em campanha pan-americana e olímpica.

Comentários

comentarios

Leitor de Página Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support